ISSN 1678-0701
Número 59, Ano XV.
Março-Maio/2017.
Números anteriores 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Fazer doação      Contato     Apresentação     I Prêmio Educação Ambiental em Ação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Dinâmicas e recursos pedagógicos     Entrevistas     Culinária     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Plantas medicinais     Práticas de Educação Ambiental     Educação e temas emergentes     Ações e projetos inspiradores     Relatos de Experiências     Notícias
O que fazer para melhorar o meio ambiente

10/03/2017AGRICULTURA BIODINÂMICA – A FORMA HOLÍSTICA DE PLANTAR  
Link permanente: http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=2617 
" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">

AGRICULTURA BIODINÂMICA – A FORMA HOLÍSTICA DE PLANTAR

Charlene Peruchi

Desde que os nômades começaram a construir comunidades e viraram sedentários, a agricultura existe. Ela é uma característica em comum entre todos os povos. Mesmo aqueles que hoje parecem não precisarem dela, que vivem em grandes cidades, dependem dela para se alimentarem. Mas ao decorrer dos anos, foram inseridas novas técnicas que utilizam de agrotóxicos, adubos sintéticos, maquinários pesados e, por ultimo, as sementes geneticamente modificadas. Cada vez o ser humano está se distanciando da agricultura que utilizava só os recursos que tinha e que vivia de acordo com as estações. Com isso e com os vários problemas que surgiram após essas novas tecnologias que foram introduzidas, algumas pessoas começaram a questionar e introduzir conceitos de agricultura que pense nas consequências e na saúde de todos os envolvidos. Dentre as novas agriculturas, surgiu a Agricultura Biodinâmica, a qual vamos discutir ao longo do texto.

A Agricultura Biodinâmica nasceu em 1924 com Rudolf Steiner, num ciclo de 8 palestras que ele ministrou na Polônia. Essa nova agricultura foi a base para a agricultura orgânica. As duas são muito parecidas, exceto por alguns pontos que mais a frente discutiremos.

A Agricultura Biodinâmica tem como objetivo a renovação do manejo agrícola, sanar o meio ambiente e produzir alimentos de forma condigna. Ela deve ser pensada de forma holística, em que todos os elementos de um sítio devem viver em harmonia, e da forma mais natural possível. Para isso, um sítio que é biodinâmico, não faz uso de agrotóxicos, nem fertilizantes sintéticos e nem de maquinário pesado.

No pensamento biodinâmico, cada sítio é um elemento vivo. Os animais, homens, plantas, solo, água, todos fazem parte de um organismo. Todos são um organismo vivo. E assim, o pensamento central dessa agricultura é a integração dos elementos. O papel do agricultor é harmonizar e integrar todos esses elementos.

O desafio de Rudolf  Steiner: Antroposofia, Pedagogia Waldorf e Biodinâmica

Princípios da Agricultura Biodinâmica

O agricultor deve pensar em seu sítio como um organismo vivo e individual. Ele deve criar a harmonia entre solo, ar, água, animais, plantas, matas e cosmo.

O solo é um organismo vivo e não um simples substrato. Sendo assim, adubar significa dar vida ao solo e não fornecer nutrientes para as plantas.

A agricultura é algo amplo e holístico, é entendida como uma ciência espiritual. Não é apenas a arte de trabalhar a matéria.

O cosmo se manifesta nas plantas, e estas são a repetição das leis do Universo.

As plantas vivem entre duas polaridades: a terrestre, representada pela umidade e nutrientes do solo, e a cósmica, representada pelo calor e a luz.

A Agricultura é o fundamento de toda cultura, ela tem algo a ver com todos.

radishes-788554_1280.jpg

Como se dá a Agricultura Biodinâmica

De acordo com seus princípios e conceitos, o agricultor é antes de tudo um pesquisador, pois ele precisa pesquisar sobre os ciclos e detalhes de cada espécie de planta e cada animal que há em seu sítio. Ele precisa, também, saber escolher suas próprias sementes e depois de já ter plantando uma vez, deverá utilizar suas próprias sementes para plantio, nada de comprar de grandes multinacionais. Sua propriedade se torna uma espécie de laboratório.

Em sua propriedade,

somente poderá ser utilizado adubos naturais, provindos do próprio sítio, como esterco de animais ou folhagens secas das plantas cultivadas.

Nenhum fungicida não natural deverá ser utilizado, apenas aqueles feitos com produtos naturais, que não prejudicam o meio ambiente.

As sementes também devem ter origem orgânica/crioula.

Transgênicos são proibidos.

É necessária a rotação de cultura, a cada dois anos pelo menos.

Não se pode deixar nenhuma terra descoberta, plantar deve ser um ato perene.

Deve se deixar pelo menos 10% da área que possui sem cultivares ou animais, estes devem ser para preservação da biodiversidade.

Reforma na filosofia da educação através da Pedagogia Waldorf

Preparados biodinâmicos

Os preparados são formados a partir de plantas medicinais, esterco e silício, que são colocados dentro de órgãos de animais. Estes são enterrados e submetidos por um tempo às influências da Terra e dos seus ritmos anuais.

Depois de prontos cada preparado é utilizado da forma adequada. A principal função desses preparados é a harmonização do meio onde estão atuando através de um equilíbrio dinâmico entre os diversos componentes do organismo agrícola.

Dentre os preparados, que são nove ao total, os dois primeiros (500 e 501) são a base de chifre, esterco e sílica (quartzo triturado). Já o restante (502 a 508) é feito com as ervas medicinais e órgãos dos animais.

500 – chifre e esterco: trabalha a polaridade solo e raiz da planta.

501 – chifre e sílica: auxilia a comunicação da planta com o cosmo. Intensifica o aproveitamento da luz solar pelas plantas.

Os próximos preparados têm como função o fortalecimento dos processos de vitalidade e reprodução; auxiliam a formação estrutural do caule e tronco da planta; regulam o metabolismo e auxiliam no processo da reprodução:

502 – milefólio;

503 – camomila;

504 – urtiga;

505 – carvalho;

506 – dente-de-leão;

507 – valeriana;

508 – cavalinha.

Estes preparados, desde o 500 ao 508, são feitos seguindo as estações e o tempo certo, tanto de início do processo do preparado quanto o tempo que ele deve ficar em repouso.

Calendário Biodinâmico

A Agricultura Biodinâmica acredita que as plantas, animais e seres humanos sofrem influências cósmicas (a principal diferença entre a agricultura biodinâmica e orgânica). Sendo assim, quem possui um sítio com agricultura biodinâmica ou quem pretende implantar um é necessário estar por dentro do calendário biodinâmico.

O calendário possui dicas que permitem planejar os dias de plantio e colheita das plantas. Isto baseado no poder da Lua, em suas fases.

Aqui neste link  há um calendário biodinâmico em que constam informações básicas sobre plantio e colheita.

Abaixo temos um calendário Lunar de janeiro de 2017, traduzido e adaptado de Calendario Lunar para Siembra:

Calendário-Janeiro.png

 

Agricultura Biodinâmica versus Agricultura Orgânica

As duas formas de agricultura são orgânicas, pois todas as sementes devem ser de produção própria, nunca compradas de fornecedores que as modificaram geneticamente ou que possuam algum tipo de agrotóxico. E não se deve fazer uso de nada que seja sintético, apenas produtos feitos pelo agricultor de forma a usar produtos naturais e que não prejudiquem o meio ambiente. Sendo assim, a principal diferença, como já foi falado, é o pensamento espiritual.

A biodinâmica acredita em ciclos da lua e sua influência nas plantas e que seus preparados têm um poder além do científico, em que conectam a planta com o cosmos. Já a agricultura orgânica não possui essa crença.

O que é necessário para se ter um sítio Biodinâmico?

Além de seguir todos os princípios da Agricultura Biodinâmica, é necessário ter uma certificação do Demeter. No Brasil, esta certificação é feita pelo Instituto Biodinâmico, localizado em Botucatu, SP.

Para mais informações acesse aqui.

Links importantes:

Curso de Agricultura Biodinâmica a acontecer em Florianópolis em 2017 → clique aqui

Associação Biodinâmica → clique aqui

Associação de Agricultura Biodinâmica do Sul → clique aqui

Fonte: jardimdomundo.com/agricultura-biodinamica-forma-holistica-de-plantar/

 



" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">
 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Fazer doação      Contato     Apresentação     I Prêmio Educação Ambiental em Ação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Dinâmicas e recursos pedagógicos     Entrevistas     Culinária     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Plantas medicinais     Práticas de Educação Ambiental     Educação e temas emergentes     Ações e projetos inspiradores     Relatos de Experiências     Notícias