A revista precisa do seu apoio!
Desde seu nascimento em 2002, a revista tem crescido em importância e conteúdo (59 exemplares trimestrais, + de 9 milhões os acessos, avaliação QUALIS-B1 na área de Ensino), requisitando mais dedicação dos membros da equipe, que a mantém de forma independente (sem apoio financeiro externo). Para continuarmos a desenvolver este trabalho, viemos pedir o apoio da comunidade através de doações.
Às pessoas que contribuírem enviaremos um brinde-surpresa! - Editores da revistaea.org
ISSN 1678-0701
Número 59, Ano XV.
Março-Maio/2017.
Números anteriores 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Dinâmicas     Entrevistas     Culinária     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Plantas medicinais     Práticas de Educação Ambiental     Notícias     Educação e temas emergentes     Ações e projetos inspiradores     Relatos de Experiências
Dinâmicas

10/03/2017
SEJA A MUDANÇA QUE VOCÊ QUER VER  
Link permanente: http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=2607 
" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">

"SEJA A MUDANÇA QUE VOCÊ QUER VER"

 

Que delícia estar aqui novamente escrevendo para vocês, nesta primeira edição do ano do nosso aniversário de 15 anos!

A frase para esta edição é: “A primeira condição para modificar a realidade consiste em conhecê-la.” (Eduardo Galeano)

Recebi esta parábola hoje e acho que se encaixou perfeitamente...

 

     Perguntaram a Jalalad-Din Muhammad Rumi, mestre espiritual persa do séc. XIII:

O que é veneno?

- Qualquer coisa além do que precisamos é veneno.

Pode ser poder, preguiça, comida, ego, ambição, medo, raiva, ou o que for.

O que é o medo?

- Não aceitação da incerteza.

Se aceitamos a incerteza, ela se torna aventura.

O que é a inveja?

- Não aceitação do bem no outro.

Se aceitamos o bem, se torna inspiração.

O que é raiva?

- Não aceitação do que está além do nosso controle.

Se aceitamos, se torna tolerância.

O que é ódio?

- Não aceitação das pessoas como elas são.

Se aceitamos incondicionalmente, então se torna amor.

 

🙏🌻☀O que é maturidade espiritual?

 

# É quando você para de tentar mudar os outros e se concentra em mudar a si mesmo.

# É quando você aceita as pessoas como elas são.

#É quando você entende que todos estão certos em sua própria perspectiva.

#É quando você aprende a "deixar ir".

#É quando você é capaz de não ter "expectativas" em um relacionamento, e se doa pelo bem de se doar.

#É quando você entende que o que você faz, você faz para a sua própria paz.

#É quando você para de provar para o mundo, o quão inteligente você é.

#É quando você não busca aprovação dos outros.

#É quando você para de se comparar com os outros.

#É quando você está em paz consigo mesmo.

#Maturidade espiritual é quando você é capaz de distinguir entre " precisar " e "querer" e é capaz de deixar ir o seu querer.

E por último, mas mais significativo!

#Você ganha maturidade espiritual quando você para de anexar "felicidade" em coisas materiais!

 

Eu não sei de quem é a autoria, mas achei sensacional!

Se você pensa em modificar algo, esta mudança TEM que começar por você!!

Não existe outra forma.

E ninguém muda algo que desconhece. Portanto galera, mão na massa, “bora” estudar, atuar em você, em sua comunidade, em seu meio.

Modifique o que está ao seu alcance!

Como ilustração deste texto, fui buscar na edição número 1 da revista uma vivência que adoro!

 

VIVÊNCIA: PERCEPÇÕES

 

(* Está vivência pode ser desenvolvida em qualquer local, por grupos de todas as idades.)

Depois que o grupo se apresentar (contar um pouco de si para os outros), façam com que "passeiem" por alguns minutos e se familiarizem um pouco com o ambiente em que se encontram.

Façam, então, uma roda, e que cada participante responde a seguinte pergunta por escrito:

"O que está te incomodando ou atrapalhando neste ambiente?"

Deixe que escrevam o quanto quiserem.

Neste momento, nós (os educadores) nos encaminhamos para o quadro negro e fazemos várias listas, uma diz:

"O que eu posso mudar imediatamente?"

Outra:

"O que posso mudar com um pequeno planejamento?"

E outra ainda:

"O que eu posso mudar, mas preciso da ajuda de outras pessoas ouda experiência de outras pessoas?"

E assim vamos listando as idéias e percepções de todos, e montando um "esquema" que poderemos utilizar no decorrer das aulas com este determinado grupo, seja pelo período de uma semana, um mês, um ano, ou mais.

E mais, o que estiver na lista de imediato, como por exemplo um papel no chão, devemos intervir de imediato, no caso colocar o papel no cesto de lixo.

http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=22

 

E acrescentaria ainda, nesta vivência, aceitar o que não me cabe modificar.

Posso garantir, por experiência própria, que nada será diferente se não começar pela sua mudança.

Einstein dizia que: Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”.

Vamos perceber que é a partir de nós que tudo muda.

Galera, muito bom poder repartir estes momentos.

Bjs e ótimo trimestre!

Marina

Marina Strachman - arquiteta e urbanista, mestre em desenvolvimento regional e meio ambiente e especialista em educação ambiental.  Marina.strachman@gmail.com

 

 

 

 



" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">
 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Dinâmicas     Entrevistas     Culinária     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Plantas medicinais     Práticas de Educação Ambiental     Notícias     Educação e temas emergentes     Ações e projetos inspiradores     Relatos de Experiências