ISSN 1678-0701
Número 62, Ano XVI.
Dezembro-2017/Fevereiro-2018.
Números anteriores 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Fazer doação      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Dinâmicas e recursos pedagógicos     Entrevistas     Culinária     Arte e ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Você sabia que...     Contribuições de Convidados/as     Práticas de Educação Ambiental     Sementes     Educação e temas emergentes     Ações e projetos inspiradores     Gestão Ambiental     Cidadania Ambiental     Relatos de Experiências     Notícias
Ações e projetos inspiradores

10/12/2017CRIANÇAS COMEÇAM PLANTIO DE UM MILHÃO DE MUDAS NATIVAS AO LONGO DO RIO DOCE  
Link permanente: http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=2967 
" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">

CRIANÇAS COMEÇAM PLANTIO DE UM MILHÃO DE MUDAS NATIVAS AO LONGO DO RIO DOCE

 

 Suzana Camargo

 

Foram apenas as primeiras 100 mudas. Mas já é um lindo gesto que representa um trabalho incrível que será feito nas margens do Rio Doce, que sofreu tanto nos últimos anos.

 

Em novembro de 2015, o rompimento da barragem da mineradora Samarco, na região de Mariana, em Minas Gerais, destruiu completamente o vilarejo de Bento Rodrigues, deixando mais de 20 pessoas mortas, e levou um mar de lama tóxica para toda a bacia do Rio Doce, poluindo e contaminando a água e tirando a vida de animais que viviam ali. A tragédia é considerada o maior desastre ambiental da história do Brasil.

 

No final de semana passado, 100 alunos das redes municipal e estadual e particular de ensino, além de jovens de projetos sociais e crianças de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo, comunidades mais atingidas pela tragédia, foram convidados para dar o ponta-pé inicial do projeto “Plantando pelo Planeta”. Ao participar do plantio de mudas e de um curso sobre meio ambiente e mudanças climáticas, chamado Academia, eles foram nomeados Embaixadores da Justiça Climática de Mariana.

 

A meta do  projeto é plantar 1 milhão de mudas nativas ao longo do Rio Doce. Neste primeiro momento, foram plantados ipês amarelos e roxos, que em aproximadamente quatro anos, deverão estar floridos, fornecendo sombras e todos os demais serviços ambientais gratuitos que, árvores propiciam às cidades, como por exemplo, deixar o ar mais limpo e reduzir a temperatura.  “É uma boa ação que ajuda o nosso planeta. As plantas liberam oxigênio e melhoram o nosso ar”, diz o estudante Kaique Augusto Rosa, de 12 anos.

 

A iniciativa “Plantando pelo Planeta” é uma parceria entre a prefeitura de Mariana, a Fundação Renova e a Plant for The Planet, instituição criada na Alemanha e voltada para o reflorestamento. Outros municípios, além de Mariana, também vão receber o projeto de plantio de mudas.

 

“Nossa missão agora é conscientizar as pessoas. Espero que muita gente queira participar conosco. Quanto mais árvores, mais oxigênio e melhor para o planeta. O que achei mais legal é saber que tudo isso começou a partir da ideia de um garoto de nove anos, que agora é um exemplo para a gente”, disse Mariana Marçal, outra estudante de 12 anos.

 

O garoto a que a jovem se refere é o alemão Felix Finkbeiner. Em 2007, então com 9 anos, ele fez a apresentação de um trabalho escolar sobre a crise climática no mundo. O menino sugeriu que, para compensar as emissões de dióxido de carbono, gás principal responsável pelo aquecimento global, as crianças do planeta poderiam plantar árvores em seus países.

 

Plant for the Planet, nome em inglês do projeto idealizado por Felix, já plantou mais de 15 bilhões de árvores. Mas o agora adolescente alemão tem uma meta mais ambiciosa ainda: quer chegar a 1 trilhão de mudas até 2030!

 

Os próximos eventos de plantio, na região de Mariana, ainda não têm data definida. Crianças e jovens interessados em participar devem entrar em contato com os organizadores do projeto através do e-mail plantandopeloplanetamariana@gmail.com

 

Fonte:  http://conexaoplaneta.com.br/blog/criancas-comecam-plantio-de-1-milhao-de-mudas-nativas-ao-longo-do-rio-doce/



" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">
 
Início      Cadastre-se!      Procurar      Submeter artigo      Fazer doação      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Dinâmicas e recursos pedagógicos     Entrevistas     Culinária     Arte e ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Você sabia que...     Contribuições de Convidados/as     Práticas de Educação Ambiental     Sementes     Educação e temas emergentes     Ações e projetos inspiradores     Gestão Ambiental     Cidadania Ambiental     Relatos de Experiências     Notícias