ISSN 1678-0701
Volume I, Número 1
Junho-Agosto/2002.
Números  
Início      Cadastre-se!      Procurar      Área de autores      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Dinâmicas e recursos pedagógicos     Dúvidas     Entrevistas     Saber do Fazer     Culinária     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Você sabia que...     Plantas medicinais     Trabalhos Enviados
 
Dicas e Curiosidades

No. 1 - 01/06/2015
Que é um estuário?  
Link permanente: http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=10 
" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">

Que é um estuário?

Tradução: Maria do Carmo Zinato - mariacz@ces.fau.edu .

N.T.: As referências numeradas no texto encontram-se no site onde está o texto original:

http://www.epa.gov/owow/estuaries/spanish/nep.htm

Sugestão do Infoagua Noticias, Volumen 2, Numero 18, Enero 20, 2001 Visite:

http://www.infoagua.org.



Um estuário é um corpo d'água parcialmente encerrado, que se forma quando as águas doces provenientes de rios e córregos fluem até o oceano e se misturam com a água salgada do mar. Os estuários e as áreas circundantes são áreas de transição entre a terra e o mar, entre água doce e salgada.

Apesar de influenciados pelas marés, os estuários estão protegidos das ondas, ventos e tormentas marítimas pelos arrecifes, ilhas que atuam como barreiras ou franjas para o terreno, lodo ou areia, que definem a fronteira do estuário. São encontrados em todas as formas e tamanhos e podem chamar-se baías, lagoas, portos, enseadas ou canais. (Note que nem todos os corpos d'água com estes nomes são necessariamente estuários. A peculiaridade de um estuário é a mistura de águas doce e salgada (e o não o nome). O ambiente de estuários figura entre os mais produtivos da Terra, criando, a cada ano, mais matéria orgânica que áreas, comparáveis em tamanho, de bosques, prados ou terras agrícolas.

Dentro e fora dos estuários pode ser encontrada uma grande variedade de "habitats" que incluem águas pouco profundas, pântanos de água doce e salgada, praias arenosas, alagados de areia e lodo , costas rochosas, arrecifes de corais, bosques de manguezais, deltas de rios, leitos de água marinha e pântanos arborizados. À parte de servir como "habitats" importantes para a vida silvestre, os brejos que circundam muitos dos estuários também desempenham outras funções de alto valor. A água drenada das terras rio acima traz sedimentos, nutrientes e outros poluentes que são filtrados à medida que a água flui por eles. Este processo de filtragem produz água mais clara e limpa, o que beneficia tanto às pessoas quanto à vida marinha (1). Entre os benefícios culturais estão a recreação, o conhecimento científico, a educação e o valor estético. Navegação, pesca, natação e observação de pássaros são apenas algumas das numerosas atividades recreativas que os cidadãos podem desfrutar nos estuários. Finalmente, deve-se considerar também os benefícios econômicos dos estuários. Suas águas costeiras apóiam infra-estruturas públicas, que servem a portos e "piers" para o transporte e embarques. Foram feitas algumas tentativas de medir certos aspectos da atividade econômica que depende dos estuários dos EUA e outras águas costeiras:

Os estuários fornecem habitat para mais de 75% dos peixes comerciais dos EUA e 80-90% dos de pesca recreativa.

Nos EUA são gerados mais de 28 milhões de empregos com a pesca, navegação, turismo e outras indústrias costeiras (2). Somente as embarcações comerciais empregaram mais de 50 mil pessoas, em janeiro de 1977 (5).

Mais de 25.500 instalações recreativas são encontradas nas costas dos EUA (5), quase 44 mil milhas quadradas de áreas públicas para recreação ao ar livre (4). O americano desfruta em média de 10 dias por ano nas costas. Em 1993, mais de 180 milhões de americanos visitaram as praias e baías - aproximadamente 70% da população estadunidense. A recreação costeira e o turismo geram US $ 8 a US $ 12 bilhões anuais (5).

Em apenas um sistema de estuário - Baía de Massachusetts e Cape Cod - a pesca comercial e recreativa gera cerca de US $ 240 milhões por ano. Nesse mesmo local, o turismo gera US $ 1,5 bilhão por ano e os embarques e as marinas, US $ 1,86 bilhão por ano (3).

Proteção

A economia de muitas áreas costeiras está baseada principalmente na beleza natural dos estuários. Quando estes recursos estão em perigo, assim também a subsistência das pessoas que trabalham e vivem ali. Cerca da metade da população estadunidense - 110 milhões - vivem nas áreas costeiras, incluindo as beiras de estuários. Os distritos costeiros estão crescendo três vezes mais que qualquer outro distrito da nação.Desafortunadamente, o crescimento populacional está perturbando o equilíbrio natural desses ecossistemas e ameaçando sua integridade. Os canais têm sido drenados, as terras úmidas aterradas, a água contaminada, as costas reconstruídas para acomodar habitações, transporte e necessidades agrícolas (1). Os distúrbios causados pelo uso em excesso dos recursos e as más práticas de solo resultam em águas pouco potáveis, fechamento de praias, proliferação de algas daninhas, pesca pouco produtiva, perda de moradias, mortandade de peixes e vida silvestre e outros problemas mais, tanto para a saúde humana como dos recursos naturais.

Á medida que cresce a população, a demanda por recursos naturais também cresce. Daí a importância de se protegerem estes recursos com todo seu valor natural, econômico e estético .

PNE: A missão do Programa Nacional de Estuários (PNE) é a de restaurar e proteger os estuários significativos da nação americana. Através de seu trabalho com a comunidade, o PNE é uma iniciativa importante na conservação dos estuários e um modelo efetivo para a proteção e o manejo de outras áreas costeiras..

Habitats: Pássaros costeiros e marinhos, peixes, caranguejos e lagostas, mamíferos marinhos, moluscos e crustáceos, vermes marinhos e répteis são alguns dos animais que vivem dentro e ao redor dos estuários.

Eles são lugares onde o rio se encontra com o mar, com ecossistemas muito diferentes uns dos outros.

Importância: Os estuários são críticos para a sobrevivência de muitas espécies. Milhares de pássaros, mamíferos, peixes e outros tipos de vida silvestre dependem deles para viver, alimentar-se e reproduzir-se.

Berço marinho: Os estuários são pontos ideais para os pássaros migratórios descansarem e reabastecerem-se, durante suas jornadas. Muitas espécies de peixes e crustáceos dependem dessas águas, como lugares seguros para reproduzirem-se, daí o nome dado aos estuários de "berço marinho". Centenas de organismos marinhos, incluindo peixes de alto valor comercial, dependem dos estuários em algum estágio de seu desenvolvimento(1).

Amortecedor: A vegetação das terras úmidas também atua como amortecedor natural entre a terra e o oceano, absorvendo as inundações e dissipando as ressacas. Isto protege os organismo terrestres, assim como as propriedades, de tormentas e danos por inundações (1). A vegetação dos estuários também ajuda a prevenir a erosão e estabilizar as costas .

Laboratórios: Como zonas de transição entre água e terra, são laboratórios de valor incalculável para cientistas e estudantes, oferecendo inúmeras lições de biologia, geologia, química, física, história e outros aspectos sociais (1). Os estuários também oferecem cenários de grande beleza para as pessoas que vivem, trabalham ou se divertem dentro ou fora deles.



" data-layout="standard" data-action="like" data-show-faces="true" data-share="true">
 
  Início      Cadastre-se!      Procurar      Área de autores      Contato     Apresentação     Normas de Publicação     Artigos     Dicas e Curiosidades     Reflexão     Para sensibilizar     Dinâmicas e recursos pedagógicos     Dúvidas     Entrevistas     Saber do Fazer     Culinária     Arte e ambiente     Divulgação de Eventos     O que fazer para melhorar o meio ambiente     Sugestões bibliográficas     Educação     Você sabia que...     Plantas medicinais     Trabalhos Enviados