O conhecimento liberta, a ciência ilumina, informação salva vidas! – André Trigueiro
ISSN 1678-0701 · Volume XXII, Número 87 · Junho-Agosto/2024
Início Cadastre-se! Procurar Área de autores Contato Apresentação(4) Normas de Publicação(1) Artigos(4) Dicas e Curiosidades(5) Reflexão(13) Para Sensibilizar(1) Dinâmicas e Recursos Pedagógicos(7) Dúvidas(2) Entrevistas(1) Culinária(1) Arte e Ambiente(1) Divulgação de Eventos(7) O que fazer para melhorar o meio ambiente(4) Sugestões bibliográficas(1) Educação(1) Você sabia que...(1) Educação e temas emergentes(7) Ações e projetos inspiradores(27) Cidadania Ambiental(1) O Eco das Vozes(1) Do Linear ao Complexo(1) Relatos de Experiências(5) Notícias(24)   |  Números  
Ações e projetos inspiradores
06/09/2023 (Nº 84) UM INCENTIVO PRÁTICO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL
Link permanente: http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=4580 
  

UM INCENTIVO PRÁTICO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Por A Tribuna

(*) Aldeny Alves
(*) Marina dos Santos

O meio ambiente tornou-se um tema de grande destaque e preocupação em todo o mundo, devido à grande degradação ambiental que nossas florestas estão sofrendo. Sabemos que nosso planeta precisa de cuidado, pois aqui é nossa morada. Temos muitas políticas públicas relacionadas a conservação do meio ambiente mas, na prática, vemos a dificuldade para o cumprimento dessas leis e a falta de fiscalização para punir com rigor os infratores.

Sabemos que é fundamental a necessidade de conservar os recursos hídricos e naturais, proteger a natureza, os animais e encontrar alternativas sustentáveis de consumo. Nesse sentido, a educação ambiental nos ensina a valorizar, respeitar e reconhecer a importância da natureza para o ser humano, para os animais e para o planeta como um todo. Assim para que as futuras gerações consigam usufruir desse mundo sustentável, a educação ambiental deve ser trabalhada na primeira infância, ensinando as crianças a cuidar da natureza, dos rios, da nossa cidade, do bairro onde mora, com atitudes simples do dia a dia que podem fazer a diferença para ter um planeta sustentável.

Afinal, é indispensável instruir, desde cedo, às crianças a importância que a natureza tem em nossas vidas, dessa maneira deve se explorar os temas ambientais na educação infantil, para as crianças serem preparadas para mudar essa realidade que o mundo enfrenta, com extensas secas, e inundações e desmatamentos desordenados causando problemas para a área da saúde e para toda a população do planeta. Esses serão os desafios que essa nova geração terá que trabalhar tanto na escola e fora dela para que tenha um futuro harmônico com a natureza de forma geral.

Nas escolas, os educadores podem elaborar projetos escolares que falem sobre a natureza, o plantio de árvores, hortaliças e também sobre o cuidado com os animais domésticos e silvestres, somente assim irá incentivar e despertar a curiosidade das crianças. Para fortalecer essa visão, Silva e Raggi (2019) diz que, a introdução da educação ambiental nas escolas não é apenas para sensibilizar as crianças, mas sobretudo, é necessário que os educadores criem situações de aprendizagem que envolvam a comunidade escolar de forma a pensarem as recomendações de intervenção com a realidade, pois se não houver trabalho em grupo e instrução bem, pode-se perder a ação ao longo do ensino. Dessa maneira, os educadores podem sugerir pesquisas com as famílias, ler livros sobre o tema ou até mesmo iniciar uma horta coletiva.

Neste ano de 2023, o CMEI Maria Severina da Silva, com a professora Sara Jane, do 4º agrupamento C do período vespertino à frente do projeto, ela saiu do papel. Atualmente, nossas crianças já comem saladas de folhas que foram plantadas na horta, incentivando assim, a terem uma alimentação saudável, livre de agrotóxicos.

Para incentivar ainda mais as crianças, tivemos parceria da professora Bruna Kroth e sua turma de agronomia da Anhanguera, Secretaria de Agricultura, CODER e da SEMMA com plantio de mudas frutíferas e arborização do CMEI. Com essa união, nós educadores, estamos proporcionando às crianças diariamente conhecimento sobre o cuidado com o meio ambiente e incentivando o desenvolvimento de uma educação ambiental na prática para a construção de um futuro melhor, além do estímulo a uma aliança saudável e sustentável.

Referencial Bibliográfico


Silva. V. C. Marvila; & Raggi. D. G. (2019) Educação ambiental com atividades lúdicas no ensino infantil. Revista Eletrônica Acervo Saúde Electronic Journal Collection Health. ISSN 2178 – 2091.

(*) Aldeny Alves de Oliveira e Marina dos Santos Batista são educadoras da Rede Municipal de Educação de Rondonópolis

Fonte: https://bitlybr.com/baiDl



Ilustrações: Silvana Santos