A primeira lei da ecologia é que tudo está ligado a todo o resto. (Barry Commoner)
ISSN 1678-0701 · Volume XX, Número 75 · Junho-Agosto/2021
Início Cadastre-se! Procurar Área de autores Contato Apresentação(4) Normas de Publicação(1) Artigos(8) Notícias(4) Dicas e Curiosidades(1) Reflexão(4) Para sensibilizar(1) Dúvidas(3) Entrevistas(1) Arte e ambiente(1) Educação(1) Você sabia que...(1) Sementes(1) Ações e projetos inspiradores(1) Cidadania Ambiental(1) O Eco das Vozes(1) Relatos de Experiências(14)   |  Números  
Notícias
08/06/2021 UNESCO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL SERÁ COMPONENTE CURRICULAR BÁSICO ATÉ 2025
Mais de 80 ministros e vice-ministros de todo o mundo se comprometeram a adotar a Declaração de Berlim sobre Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS), promovida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), como componente central de todos os sistemas educacionais, em todos os níveis, até 2025. A medida foi tomada durante a Conferência Mundial Virtual, realizada na semana passada.
08/06/2021 NESTLÉ RECONHECE EM DOCUMENTO INTERNO QUE MAIS DE 60% DE SEUS PRODUTOS NÃO SÃO SAUDÁVEIS
A Nestlé, a maior empresa de alimentos do mundo, reconhece em documento interno que mais de 60% dos produtos que comercializa —de chocolates e doces a cereais matinais e sorvetes— não atendem aos critérios necessários para serem saudáveis e que algumas das categorias de bebidas e de alimentos que produz “nunca serão saudáveis, por mais que sejam renovadas”.
08/06/2021 MITO DA RECICLAGEM INFINITA ACABOU ESTIMULANDO MAIS CONSUMO, DENUNCIA FRANCESA
A globalização fez o consumo crescer ano após ano, nas últimas décadas, e o resultado é que o volume de lixo que a humanidade produz também se multiplicou, num volume que o planeta não consegue mais absorver. Reciclagem é a solução para tanto plástico, metal, roupa? A resposta não é tão simples: esta ferramenta se tornou o pretexto ideal para a dinâmica do consumo se perpetuar, sob a ilusão de que, se será reciclado depois, está tudo bem.
08/06/2021 FALTA DE COLETA E TRATAMENTO DE ESGOTO É PRINCIPAL DEFICIÊNCIA DO PAÍS
Com a publicação do Decreto nº 10.710, de 31 de maio de 2021, que regulamenta o artigo 10-B da Lei 11.445/2007 foi dado mais um passo no sentido de dotar as operadoras do saneamento (especialmente no que se refere ao abastecimento de água e esgotamento sanitário) de condições para enfrentar o desafio de cumprir as metas previstas para 20333: 99% de abastecimento de água e 90% de coleta e tratamento de esgoto.
Ilustrações: Silvana Santos